Wednesday, 10 September 2008

And now... for something completly different! (tenho que arranjar outro nome)

Por alturas do penúltimo jogo sub-21 o comentador punha-se a fazer contas e mais contas sobre a ainda possível passagem dos "putos" aos play-off.

Esta Verde vomitava impropérios contra esta mania de contar com os outros, de acreditar e esperar por outros resultados para se fazerem valer. E, surpresa das surpresas, no intervalo do jogo de ontem, a ganhar por 2-0, ouvi alguém na rádio dizer que “os outros”, aquela catrefada de resultados conjugados que precisavam acontecer……………… aconteceram! Ficou a Selecção de Portugal a depender de quem? Pasme-se……………………… deles próprios. Bastava apenas mais um golo. E então que faz esta selecção? Recebe dois golos, pois claro.

Sem comentários.

Hoje?
Hoje vai a Selecção grande jogar com uma outra que, em ’92 penso, enquanto estavam refastelados a banhos, foram sumariamente chamados para participar no europeu desse ano por afastamento político de uma outra apurada. E que fazem estes meninos? Acabadinhos de sair da água, ainda com sal no corpito e sem quase preparação, chegam, jogam e ganham.

Sem comentários.

Prognósticos? Só no fim do jogo.

2 comments:

Luísa said...

Futebolisticamente falando, Nocas, acho que lidamos geralmente mal com o peso da responsabilidade - o que é, para mim, um sinal de «amadorismo», no mau sentido. Jogamos por rasgos e os resultados sofrem essa inconsistência. :-)

nocas said...

... e talvez não só futebolisticamente falando, querida Luísa. (lembrei-me agora do improviso que tão brilhantemente referiu no seu "lado"...
bj :)