Tuesday, 9 September 2008

And now... for something completly different! (v.2)

Por alturas de mais um escândalo nos meandros futebolísticos

(eu sei, eu sei, é velha a notícia e desinteressante porque de futebol se trata, mas tenham paciência e façam de conta que não se trata de futebol. Apenas de um órgão que, por ser de "interesse público" tem imeeeensas benesses.
Façam esse exercício.
Façam de conta que é um órgão público, com direito a parte do orçamento do Estado, e, portanto, pago por nós.
Já está?
Prossigamos)

Um senhor de alta estirpe terá dito, em resposta a acusações de anti-democrático porque determinado corpo social dEssa instituição iria ser escolhida por esse senhor, """""devidamente"""" mandato por outro corpo social.

(não é sic)
Os membros que escolher serão depois sujeitos a sufrágio dos sócios. Fui mandato apenas para escolher uma lista porque é um órgão muito sensível e podia haver o perigo de haver mais de uma lista a concorrer

(agora peço-vos que pensem um pouco nisto)

Deusnoslivre de votações livres e de escolha múltipla.
(já ouvi isto em qualquer lado)
Have a nice day!

2 comments:

Luísa said...

Querida Nocas, fiz o exercício que sugere, mas nem me revoltei. Acho que esse tipo de declarações, não as ouvi «em qualquer lado», porque as oiço em todo o lado. Ai, a tentação do poder… ;-D

nocas said...

Querida Luísa,

Tem toda a razão.
(é a minha parte Verde que ainda se surpreende...)no entanto, é essa parte que me vai impedindo de conformar e de não cessar de fazer chover... no molhado. riso

E obrigada pelo exercício...
beijo grato