Tuesday, 5 August 2008

5 de Agosto de 2008


Minha querida, querida menina:

Não irás, com toda a certeza, ler esta dedicatória.

Apesar disso, aqui te deixo, publica e descaradamente, um postal dedicado só a ti.

Impressiono-me com a tua maturidade.
Impressiono-me com a tua capacidade de resistência.
Ambas fruto, claro, da brilhante educação e da fortaleza de carácter que presencias desde o primeiro dia, mas também, e acima de tudo, fruto desse teu carácter que tens. Incorporas a sensibilidade feminina, tenacidade juvenil e inocência infantil como poucas que conheço.
Aceitas de bom grado tanto um abraço terno como a responsabilidade.
Eis-te aqui, forte, crescida.

Desta velha bailarina acabada recebe os meus desejos de um fantástico dia de anos, que a vida te preserve, que o céu te seja leve.
Muitos parabéns!

2 comments:

Once said...

não leu .. mas vai ler te garanto.
eu .. emocionada com esta tua dedicatória minha amiga *

Beijo terno

Nocas Verde said...

Once!!

Welcome back!

Sentido, como sabes... obrigada a Nocas por conhecer-vos...