Tuesday, 10 March 2009

Desafios, correntes e afins (IV)

Já em imensurável atraso (devidamente perdoada?) respondo aqui à minha Cházinha ao desafio colocado:

seis verdades e três mentiras a meu respeito

Aqui as deixo, sucintas e curtas... à espera do Vosso vaticínio

1 - Fiz com que um hospital inteiro tivesse como ceia de natal pescada cozida e omoletes

2 - Comi açorda com quinze dias de vida

3 - Não tenho um telemóvel que tire fotografias

4 - Não gosto do filme "África Minha"

5 - Não suporto filmes de terror e/ou fantástico

6 - escrevi uma telenovela da RTP numa máquina de escrever
7 - Fui preterida numa audição por saber dançar bem demais
8 - Já pintei o cabelos de todas as cores... mas nunca de azul nem rapei o cabelo
9 - Cantei o fado numa dessas casas de fado vadio e ganhei o primeiro prémio


Até já! :)

14 comments:

Mente Quase Perigosa said...

3, 5 e 8!!!

nocas verde said...

MQP,
obrigada pela resposta... as soluções deste lado em breve :)
bj

once said...

ora vamos lá .. (bolas, não te volto a desafiar para nada, eu .. ) ;) a primeira é verdade .. aliás pelo teu jeito para cozinha nos dias que correm, muita sorte teve o "hospital" ;)
a segunda, diz-me cá primeiro: quem é que tinha 15 dias, tu ou a açorda? (risada)
a terceira é a pura da verdade, assunto aliás intrinsecamente debatido já ;)
a quarta é mentira! atreve-te ! e a quinta também (e que as tuas crias não venham aqui!)
a 6ª é verdade, a 7ª também (idiotas foi o que foram!) a 8ª não faço ideia mas não me custa a acreditar .. ainda que quando penso em amarelo, por exemplo, não será uma cor que te favoreça ;) e a 9ª é verdade, claro, esqueceste-te foi de mencionar o público a par dos outros concorrentes! ;)

(ainda me estou a rir)

nocas verde said...

rindo... :)
nem fazes ideia do quão erradas estás :) (rindo outra vez) ...... ou talvez não!!!

Luísa said...

Pessoalmente, Nocas, suspeito das:
2 – Dependendo da natureza da açorda, é certo: uma migalha de pão inadvertidamente solta num litro de água poderá considerar-se uma açorda?
4 – Só se é pela crueldade de nos sugerir uma África que se adivinha perdida…
8 – Todas as cores, Nocas? Incluindo o roxo, o verde-alface, o rosa-choque e o branco-neve? Hum…
:-)

nocas verde said...

Querida Luísa,
a África está lá no mesmo sítio... aquela África?... pois... existiu, foi? (riso)
a bem da verdade: açorda fresca / quinze dias EU - e com tudo o que tem direito, pão, azeite, alho, água, coentros...
beijo

once said...

Ok .. dou a mão à palmatória e reconheço que por diversas vezes (Luísa .. sim .. é verdade) te vi de cabelo laranja "fosforescente" .. como dizia a minha mais que tudo há uns anitos .. (e continuo a rir .. tenho de me ir embora daqui) ;)

nocas verde said...

(gargalhada)
é desta que me internam... naquele "hospital" onde eu cozinhei...
e verde às riscas... (onde achas que a Maria José Resende foi buscar a ideia???)
mais risos...

silvia.marau said...

1- V, sem dúvida
2- V, com a tua avó acredito
3- V, já vi
4- F, com dúvidas
5- F, com dúvidas
6- F, idem
7- V, sem dúvida
8- V, maluquita és tu... não sei...
9- V, já te ouvi cantar, mas....

beijo

nocas verde said...

Sílvia... tanta dúvida :)
obrigada
depois digo
bj

silvia.marau said...

Minha cara amiga, isto não é olhos nos olhos ;)

nocas verde said...

Desculpe, colega. desculpe :)
(riso)
bj

drengo said...

hum... a 5 é mentira. não gostar de fantástico, e depois escrever um conto/post com aroma disso, não bate certo. aposto na 4 porque é estranha uma referência a um filme que não se gosta (eu, pelo menos, esqueço que eles existem, ou que os vi...). falta arrsicar uma mentira.

verdades? tudo o que diga respeito a artes: dança, canto, culinária, literatura e pintura (7, 9, 1, 6, 8).

os pormenores da açorda na resposta á Dona Chá, podiam ser ironia, mas arrisco que sejam uma precoce memória gastronómica. resta o telemóvel sem fotografias... não sendo algo indispensável, é comum em quem gosta de imagem. portanto, à 4 e à 5, acrescento a 3 como mentira. será que "mente" sempre que nega?

nocas verde said...

(gargalhada)
culinária é uma arte... a das deusas, dizia alguém, Aquela que conquista homens... e eu sou, de facto, artística (riso)

A resposta à Dona Chá (amei)... será ironia extrema? :) (música twilight)

Se minto sempre que nego? ora aí está uma boa pergunta...

Obrigada Caríssimo "Doutor Engenheiro".

Quase, quase a revelar as verdades...

beijo