Thursday, 1 July 2010

ainda o rescaldo

foram três anos complicados

parece que aconteceu tudo... tive grandes alegrias e grandes tristezas, pessoais, profissionais, sei lá!

mas se por outra coisa não fosse, conheci gente fantástica... gente inteligente, solidária

conheci, como sempre, os "não tão simpáticos"

tive pena dos que não aguentaram, principalmente quando não aguentaram por razões económicas. não os consideros caídos nem desistentes. se me lerem, saibam que há sempre hipótese, não desistam.

conheci gente trabalhadora que superou tantos, tantos problemas... fomos uma turma. com alguns, ficámos amigos

tive ainda surpresas agradáveis

vou ter saudades...

comecei ontem a arrumar tudo em definitivo mas não consegui. fiquei a desfolhar os cadernos, a recordar.

houve, de facto, uma grande diferença.

o meu primeiro curso tirei-o por paixão. era o meu sonho de criança. achei que ía mudar o mundo.

este ensinou-me uma outra coisa, daquelas pérolas que nos fazem sentir grandes, sábios e velhos

tirei este curso com gosto mas não por gosto. nunca sonhei enveredar por este ramo.
aliás (devo dar crédito aos famosos testes psicotécnicos) era a primeira hipótese que me aconselhavam. seguido de ciências, depois artes.

arrumada esta questão, e enquanto não começa o estágio, fico por aqui vivendo. vivendo, sim. saboreando o momento, preparando-me para as cobranças das crias

sacrifícios que fizemos - todos lá em casa - durante três longos anos, dizia o F. faz pouco tempo, temos que nos re habituar a estarmos todos juntos, todos os dias, todas as noites. não há saídas de família com os livros atrás, não há idas à praia com a mãe sentada debaixo do chapéu e os calhamaços espalhados na toalha. agora, mãe - dizia a CN - voltaste a tempo inteiro, não foi? sentimos a tua falta.

agora, meus amigos, voltei a tempo inteiro mas deixem-me repousar um pouco... eu mereço

8 comments:

Luísa said...

Nocas, salvo erro, agora acabou Direito. Mas que primeiro curso foi esse que tirou por paixão?
P.S.: Ouvi dizer (mas não conheço os pormenores da notícia) que o bastonário da Ordem anda a tentar dificultar a vida aos recém-licenciados. É verdade?

nocas verde said...

luísa, querida, acabei solicitadoria.
o curso, pelo menos na lusíada, é igual com a excepção da duração. os de direito ficam mais um ano... os de solicitadoria têm o "bacharel baptizado de licenciatura" - como o bastonário diz - de três anos. depois vem o estágio na Câmara dos Solicitadores, aulas, patrono e provas de agregação...
o curso de paixão que tirei foi na escola superior de dança... há uma vida atrás
é verdade que o bastonário tem dito umas bacoradas sérias... principalmente quando indicia não seguir ordens do tribunal... enfim...

fugidia said...

Nocas, parabéns: admiro profundamente quem estuda nas condições em que o fez.
Solicitadora? Céus, tem ideia onde se meteu?! Desejo-lhe muita sorte, mesmo! :-)

nocas verde said...

fugidia,
obrigada :)
ideia? acho que sim...

João Pedro Belo said...

Um beijo grande para a minha grande (sim porque as mulheres não se medem aos palmos) colega, que tudo merece depois desta contenda.
Vamos lá estar os dois querida, e ainda nos iremos rir muito destes tempos passados.
Sabemos que sim.

Anonymous said...

Deste lado fico mais só sem voçês meus queridos "Nocas Verde" e João Pedro Belo.
Que belos 3 anos. Tentarei encontrar-lhes graça sem o team completo.
Podíamos tirar agora arquitectura? + 4 anitos?
Mas o caminho é em frente e tenho a certeza que ainda nos encontraremos na estrada.
Com Certeza.
Rui VC

Anonymous said...

Correcção:
Tentarei encontrar graça ao tempo que ainda me falta sem o team completo.
Era isto que queria dizer.
Rui VC

Anonymous said...

Mãezinha...
Estes anos passaram a correr... ainda m falta um ano. Este não vai ser igual... faltas lá tu comigo.
Beijocas enormes
Pedro